Federal University of Jequitinhonha and Mucuri Valleys (UFVJM)

PDF
Print
E-mail

UFVJM participa de evento do Erasmus + com universidades e associações de países da América Latina e da Europa

A diretora de Relações Internacionais da UFVJM, Orlanda Miranda Santos, participou no período de 9 a 12 de setembro do evento Camino a Fiesa 2020, na Argentina, como uma ação do projeto de capacitação Erasmus + (E +), o projeto Caminos, envolvendo universidades e associações de cinco países da América Latina e da Europa.

Segundo a diretora, o objetivo da sua presença no evento foi participar do debate e do planejamento da agenda temática da Feira Internacional de Ensino Superior (Fiesa), que ocorrerá em Mar del Plata, Argentina, em 2020, além de ampliar o conhecimento sobre recursos sustentáveis e parceiros internacionais, a fim de melhorar o desenvolvimento e a expansão da UFVJM pelo mundo.

Os objetivos do evento Camino a Fiesa 2020 são:

  • Promover os resultados/planos para todos os projetos Erasmus + que atualmente lidam com questões relacionadas à internacionalização, como reconhecimento de estudos, gestão de escritórios internacionais e serviços para estudantes, internacionalização de currículos, internacionalização de pesquisas, reconhecimento, internacionalização de pesquisas;
  • Discutir sinergias entre esses projetos, outras iniciativas internacionais e como seus resultados podem ser utilizados de maneira comum na região e na construção de pontes entre a Europa e a América Latina;
  • Discutir a sustentabilidade dos resultados dos projetos E + e possíveis contribuições para o futuro do programa E +;
  • Discutir o desenvolvimento do Espaço Latino-Americano de Ensino Superior (ENLACES)/cooperação no marco político da União Europeia-América Latina.
  • Promover os resultados do projeto Caminos e suas implicações para a gestão universitária da mobilidade e a cooperação entre universidades e associações latino-americanas na internacionalização do setor de ensino superior;
  • Discutir as contribuições dos projetos de E + para a conferência Fiesa 2020.
  • Discutir como a Fiesa pode promover e utilizar projetos de E +.
  • Contribuir para o desenho do programa da Fiesa.

Fotos: Arquivo Pessoal

O projeto Caminos acredita que a única maneira de gerar resultados sustentáveis e garantir um impacto adequado dos projetos do projeto Erasmus +, tanto em nível institucional quanto político, é gerar sinergias, compartilhar experiências e resultados e unir forças sempre que possível. Por esse motivo, o projeto apoia os organizadores do Caminos a Fiesa 2020, integrando o seu evento final no programa e convidando todos os coordenadores Erasmus + que desejem participar nas discussões.

Last Updated on Thursday, 19 September 2019 10:30
 
PDF
Print
E-mail

Alunos de Medicina desenvolvem aplicativo para Farmácia do SUS em Teófilo Otoni

Aplicativo é gratuito e já está disponível; além da busca por medicamentos, também pode emitir avisos sobre a falta ou o retorno de algum medicamento ao estoque municipal

Agora, a população de Teófilo Otoni conta com um aplicativo de celular para saber quais medicamentos estão disponíveis na rede municipal de saúde, o FarmaSUS Teófilo Otoni. A ferramenta foi desenvolvida por alunos do 11º período do curso de Medicina do Campus do Mucuri da UFVJM. O aplicativo é gratuito e entrou em funcionamento esta semana para o sistema operacional Androide, podendo ser baixado pelo Play Store do celular. Pelo FarmaSUS, além de realizar a busca dos medicamentos disponíveis na rede municipal de saúde, também pode ter avisos sobre a falta ou retorno do medicamento ao estoque da farmácia municipal.

A criação do aplicativo fez parte das atividades propostas pelo Internato em Saúde Coletiva. De acordo com um dos coordenadores do Internato em Saúde Coletiva da Faculdade de Medina do Mucuri (Fammuc), professor Jandesson Mendes Coqueiro, no Internato em Saúde Coletiva, os estudantes são inseridos em diversos setores de gestão em saúde do município. Ao final do Internato, eles têm que escolher alguma temática para desenvolverem um projeto de intervenção, visando melhorias do serviço.

“Um dos grupos de alunos do Internato escolheu desenvolver esse aplicativo por perceber a falta de conhecimentos dos profissionais da Atenção Básica sobre as medicações disponibilizadas no município. O material disponibilizado era em formato de cartilha, o que dificulta a consulta dos profissionais no momento da prescrição médica; além disso, a própria população desconhecia a lista de medicação disponível”, explica Jandesson.

Antes de lançar o aplicativo, os alunos apresentaram a ferramenta para a Comissão de Farmácia e Terapia da Secretaria Municipal de Saúde de Teófilo Otoni. A apresentação foi realizada no último dia 26 de novembro. “Com o aplicativo, tanto a população quanto os profissionais poderão ter o acesso rápido à lista de medicação disponibilizada pelo município. Isso facilita no momento da prescrição médica. Além disso, o aplicativo permite ao gestor enviar mensagens informando sobre a falta ou aquisição de medicamentos aos usuários que estiverem com o aplicativo baixado”, destaca o professor.

Um dos alunos do grupo que desenvolveu o aplicativo, Toscanini Barcellos de Oliveira, explica que a ferramenta foi desenvolvida totalmente pelos alunos. “O aplicativo foi estruturado numa plataforma gratuita para desenvolvimento de aplicativos para Android e com um pouco de noção de informática avançada por parte de um dos componentes do grupo, não foi difícil tirar a ideia do papel”. E quanto ao trabalho, Toscanini conta que a intenção principal do projeto de criação do FarmaSUS foi melhorar o acesso da informação aos profissionais da rede e a população em geral.

“Durante o Internato em Saúde Coletiva tivemos a oportunidade de estar inseridos em diversos setores relacionados à Secretaria Municipal de Saúde, dentre eles: Farmácia Municipal, na qual vimos o fluxo de pessoal e os desafios logísticos; e Unidades Básicas de Saúde: locais onde pudemos perceber por vezes uma discrepância entre algumas prescrições e o previsto na listagem municipal de medicamentos. Em alguns casos o profissional prescritor era bem intencionado e verdadeiramente acreditava que tal fármaco estava previsto na listagem do município. A partir do explorado e pelo consenso do grupo pensamos num meio rápido e prático de disseminar tais informações e, dessa forma, surgiu a ideia de criar o FarmaSus, um aplicativo de celular que em poucos segundos disponibilizaria um acesso rápido a essas listagens”, detalha o aluno.

Dia 26 de novembro, os estudantes do 11º período do curso de medicina da Faculdade de Medicina do Mucuri (Fammuc) apresentaram para a Comissão de Farmácia e Terapia da Secretaria Municipal de Saúde de Teófilo Otoni o aplicativo chamado FarmaSUS (Foto: Divulgação Fammuc/UFVJM)

 

Universidade e Comunidade

Durante o internato rural, os alunos de Medicina trocam salas de aula da universidade por espaços para desenvolver conhecimento sobre a relação entre medicina e sociedade. Para o aluno Toscanini, “no internato foi possível, de alguma forma, dar algum retorno à população de tudo que estamos desenvolvendo dentro da academia”. Ele explica que “é interessante entender o papel social que o profissional, seja ele médico ou não, deve ter dentro dos serviços de saúde: compreender a realidade na qual ele está inserido e tentar atuar com papel transformador na dinâmica vivenciada. A universidade traz isso como premissa, e expandir essa consciência de que é importante pensar no viés social de cada profissão é importantíssimo. O médico pode exercer o cuidado de diversas formas, não só apenas com o atendimento ao publico”.

  • Baixe o aplicativo FarmaSUS aqui.
  • Alunos que desenvolveram o aplicativo: Aline Otero, Érika Vieira, Marcelo Silva, Mayura Cardoso, Olintos Almeida, Pâmela Santos, Toscanini Oliveira, Wanessa Lima e Vinícius Delôgo
  • Coordenadores do Internato em Saúde Coletiva da Faculdade de Medicina do Mucuri (Fammuc):

Professor Jandesson Mendes Coqueiro

Professor João Victor Leite Dias

Last Updated on Thursday, 05 December 2019 11:52
 
PDF
Print
E-mail

UFVJM decreta luto por três dias

A Reitoria da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) decreta luto oficial por três dias, lamentando o falecimento de Patrícia Eustane Ribeiro, lotada na biblioteca do Campus JK. Patrícia desenvolveu seu trabalho sempre com muita dedicação.

O corpo está sendo velado na Capela Velório de Presidente Juscelino-MG, sua cidade natal, e o sepultamento está previsto para as 15h de hoje, no cemitério dessa cidade.

A UFVJM, com pesar, manifesta as mais sinceras condolências aos familiares, parentes, amigos e colegas de trabalho.

 
PDF
Print
E-mail

Reitor consegue recursos para ações de extensão da UFVJM

Na manhã desta quarta-feira, 18/9, o reitor da UFVJM, Janir Alves Soares, esteve em Brasília para buscar apoio às ações de extensão e desenvolvimento das regiões onde a universidade está inserida. O objetivo é trabalhar de forma planejada e permanente nos municípios, para que a universidade cumpra sua missão institucional. Entendendo a importância de viabilizar essa prática, o deputado Fábio Ramalho assumiu o compromisso de destinar recursos para instituição no próximo ano. Confira o vídeo neste link!

 
PDF
Print
E-mail

Campus Unaí recepciona calouros e dá início às atividades acadêmicas em sua sede definitiva

Os novos estudantes da UFVJM, os famosos calouros, foram recebidos no Campus Unaí ontem (16). A data também ficou marcada pelo início das atividades acadêmicas na sede definitiva do campus. Anteriormente o Campus Unaí funcionava na Unimontes e sua mudança para a sede definitiva ocorreu em meados de agosto.

A recepção dos calouros tem o objetivo de apresentar a estrutura acadêmica e administrativa da universidade, os diversos programas, projetos e serviços oferecidos na instituição, promover a integração universitária e o orgulho de ser UFVJM.

Durante as apresentações previstas no cronograma da programação, foi pedida a atenção e toda cautela possível aos estudantes durante os deslocamentos ao campus da universidade até que as intervenções para garantir a segurança necessária no acesso da rodovia BR-251 sejam realizadas.

O evento é coordenado pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) e realizado no Campus Unaí por meio das ações da Divisão de Ensino, Pesquisa e Extensão (Depex), com a participação da Diretoria de Administração (DA), Divisão de Administração, Orçamento e Planejamento (DAOP), Instituto de Ciências Agrárias (ICA), coordenações de cursos e Sistema de Bibliotecas.

 
Page 9 of 1087

 

Campus I - Diamantina/MG
Rua da Glória, nº 187 - Centro - CEP 39100-000
Telefones: +55 (38) 3532-6024
Campus JK - Diamantina/MG
Rodovia MGT 367 - Km 583, nº 5.000
Alto da Jacuba CEP 39100-000
Telefone: +55 (38) 3532-1200 e (38) 3532-6800
Campus do Mucuri - Teófilo Otoni/MG
Rua do Cruzeiro, nº 01 - Jardim São Paulo - CEP 39803-371
Telefone: +55 (33) 3529-2700
Campus Janaúba - Janaúba/MG
Avenida Um, nº 4.050
Cidade Universitária CEP 39447-790
Telefone: +55 (38) 3532-6812 e (38) 3532-6808
Campus Unaí - Unaí/MG
Avenida Universitária, nº 1.000, B
Universitários CEP 38610-000
Telefone: +55 (31) 3677-9950