Federal University of Jequitinhonha and Mucuri Valleys (UFVJM)

PDF
Print
E-mail

Mudança de paradigma: UFVJM encerra exercício fiscal de 2019 com passivo zero

Numa série histórica dos últimos sete anos verificou-se que a execução orçamentária demonstrou ser mais eficiente no exercício de 2019, quando os passivos foram zerados, conforme relatório do chefe da Divisão Contábil, Vagner Campos de Araújo. Confira aqui o relatório.

Para compreender esse mérito de gestão, é importante esclarecer, inicialmente, que do orçamento anual da universidade, em torno de R$270 milhões, um percentual da ordem de 18% é destinado para custeio das seguintes despesas: 1) funcionamento; 2) manutenção e 3) investimentos. Tais recursos são ditos discricionários, ou seja, são controlados diretamente pelo reitor. Nas situações em que as despesas de funcionamento e manutenção extrapolam o planejamento anual os recursos de investimento podem ser remanejados para cobrir tal déficit.

Perante descontrole de planejamento, os recursos de investimento ainda podem ser insuficientes para liquidar as despesas e, consequentemente, as dívidas daquele ano são transferidas para o ano seguinte, e obviamente já comprometendo o próximo planejamento. Esse descompasso no controle das despesas é denominado de passivo e tal ciclo vicioso era rotina na gestão do orçamento da UFVJM, o qual vez ou outra atingiu valores da ordem de R$3.038.602,59 a R$3.327.112,16, como ocorreu nos anos de 2015 e 2017, respectivamente, de acordo com o atual pró-reitor de Planejamento, Antonio Carlos Zappalá (vide relatório).

Praticar a responsabilidade fiscal representa um positivo indicador de gestão. Numa análise econômica isso decorre de um conjunto de ações que envolveu, durante o segundo semestre de 2019, as equipes das Pró-Reitorias de Planejamento e Orçamento (Proplan) e de Administração (Proad), coordenadas naquela época, respectivamente, pelos pró-reitores Darliton Vinícios Vieira e Patrick Wander Endlich.

Nos últimos cinco anos registrou-se progressiva redução dos recursos para  investimentos, enquanto  o ano de 2019 foi marcado pelo contingenciamento do recurso de custeio de todas as universidades federais.

Essa situação exigiu-nos imediata revisão de todos os elementos de despesa e nessa lógica procedeu-se à retração da maioria dos contratos dos serviços prestados pelo pessoal terceirizado – o grupo de despesa que absorve aproximadamente 56% do recurso de custeio da UFVJM. Caso contrário, teríamos iniciado o ano de 2020 com passivo da ordem de R$ 5 milhões e, consequentemente, transportaríamos esse ciclo vicioso para o orçamento de 2021, enfatiza o vice-reitor, prof. Marcus Henrique Canuto.

As medidas para essa mudança de paradigma iniciaram-se em agosto de 2019, ou seja, já nos primeiros dias da atual gestão da reitoria. A nossa proposta de gestão do orçamento foi aprovada pelo Conselho Universitário através da Resolução n.º 18, de 20 de novembro.  Ademais, a comunidade acadêmica foi compreensiva no que tange à situação econômica vigente e contribuiu no sentido de mitigar os impactos negativos no ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão, comenta o diretor de Orçamento, Darliton Vinícios Vieira.

A gestão estratégica do orçamento requer investimento em tecnologia e o  estabelecimento de  princípios de logística no funcionamento e manutenção da universidade. Nesse sentido, no último bimestre de 2019, mesmo em período de restrição de recursos, a reitoria conseguiu investimentos da ordem de R$ 4,8 milhões em usinas fotovoltaicas, objetivando reduzir despesas com energia elétrica.

Revisar setores de serviços e investir em tecnologias faz parte da logística de uma reforma administrativa. Esse modelo de gestão tem o objetivo de, dentre outras ações, aplicar mais recursos nas políticas de apoio aos estudantes e na melhoria da qualidade do ensino - um compromisso da atual gestão, conclui o reitor Janir Alves Soares.

Last Updated on Wednesday, 17 June 2020 15:35
 
PDF
Print
E-mail

Comissão de Biossegurança da UFVJM divulga Plano de Contingência da Covid-19

 
PDF
Print
E-mail

UFVJM realiza 1º Simpósio de Neurogeriatria de Diamantina

Essa página foi movida para o novo portal da UFVJM. Por favor acesse:  http://portal.ufvjm.edu.br/agendas/eventos/2020/1-simposio-de-neurogeriatria-de-diamantina.

Last Updated on Thursday, 17 September 2020 17:10
 
PDF
Print
E-mail

UFVJM celebra Dia Mundial do Meio Ambiente

Assessoria de Meio Ambiente coordena plantio de 22 espécies de árvores

Celebrado em todo o mundo, no dia 5 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente foi lembrado na UFVJM com o plantio de 22 espécies de árvores no jardim que fica entre o prédio do curso de Fisioterapia e a Praça de Serviços no Campus JK. O plantio contou com presença do reitor, prof. Janir Alves Soares, e de demais servidores da UFVJM.

O pensar globalmente e o agir localmente (foto: Lucas Vinicius de Souza Cangussu )

O assessor de Meio Ambiente, Celmo Aparecido Ferreira, falou sobre a importância da data e sobre o fato de se pensar no planeta como um todo, dando destaque para as ações de cada indivíduo em seu espaço de vivência. Já o reitor reiterou a importância do tratamento adequado dado pela universidade às questões ambientais e informou sobre o investimento de custeio alocado para o desenvolvimento das ações da AMA, que após a complementação prevista, poderá ser de R$ 100 mil.

Reitor da UFVJM, prof. Janir, planta muda de ipê (foto: Celmo Aparecido Ferreira)

Last Updated on Tuesday, 16 June 2020 15:42
 
PDF
Print
E-mail

Rede elétrica chega ao campus da UFVJM em Unaí

A chegada da energia definitiva marca uma etapa importante no desenvolvimento da UFVJM na região

Obra de instalação da rede elétrica do Campus Unaí. (Foto: Anderson Alvarenga Pereira/UFVJM)

 

Após seis anos de funcionamento na cidade de Unaí, a UFVJM comemora, neste mês, a chegada da rede elétrica ao novo campus da universidade. A chegada da energia definitiva marca uma nova e importante etapa no desenvolvimento do campus na região. De acordo com o diretor de Administração do Campus Unaí, prof. Anderson Alvarenga Pereira, a energia elétrica é, definitivamente, um divisor de águas para esse campus.

“São vários os equipamentos laboratoriais que, atualmente, estão sem operação, pela ausência de energia suficiente para ligá-los. Com a chegada da energia definitiva, todos eles poderão ser ligados, melhorando sobremaneira a qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão, além de podermos utilizar a nossa fazenda experimental, dentro do campus, inoperante até o momento, para receber esses projetos. E podemos avançar, também, nas possibilidades de crescimento que o campus terá com novos investimentos e, quem sabe, novos cursos. Tudo isso e muito mais a energia definitiva proporcionará ao Campus Unaí”, afirma o prof. Anderson.

Segundo o diretor, a obra de instalação da rede elétrica teve início no mês de março, graças aos inúmeros esforços envidados pelo reitor, prof. Janir Alves Soares, junto aos órgãos competentes. "A Assessoria de Assuntos Estratégicos, por meio do assessor Ronaldo Lopes Guimarães, não mediu esforços para envolver todo o gabinete do ilustre deputado federal Igor Timo na solução dessa demanda", pontua o reitor.

“Esse processo se arrastava há anos e com o apoio político à UFVJM, do deputado Igor Timo - membro atuante na Frente Parlamentar Pró-UFVJM - e também do diretor de Distribuição da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Ronaldo Gomes de Abreu, foi possível concretizar a instalação da rede no campus”, explica o diretor.

Além dos benefícios que a energia elétrica proporciona, a UFVJM também vai economizar. (Foto: Anderson Alvarenga Pereira/UFVJM)

 

O Campus Unaí, que possui aproximadamente 653 estudantes, 41 técnicos e 57 docentes, distribuídos nos cursos de bacharelado em Ciências Agrárias, Agronomia, Engenharia Agrícola e Ambiental, Medicina Veterinária e Zootecnia, funciona com energia fornecida por um gerador a diesel. De acordo com o prof. Anderson, o custo mensal desse tipo de energia para a universidade é de aproximadamente R$ 22 mil e, com a energia elétrica, haverá uma economia aproximada de R$ 15 mil.

O diretor afirma que até meados deste mês todo o processo de término da obra será concluído, bem como o fornecimento de energia estará formalizado. “Agradecemos ao reitor e aos servidores da Pró-Reitoria de Administração (Proad), especialmente das diretorias de Administração do Campus Unaí, Infraestrutura e Logística, representadas pela pró-reitora, profª Faviana Dornela Verli, Pedro Henrique Rezende da Silveira e Diana Elizabeth Sampaio Amariz dos Santos, respectivamente, todos envolvidos nesse importante trabalho que, com certeza, será um divisor de águas para o Campus Unaí”.

Last Updated on Friday, 05 June 2020 10:03
 
Page 8 of 1153

 

Campus I - Diamantina/MG
Rua da Glória, nº 187 - Centro - CEP 39100-000
Telefones: +55 (38) 3532-6024
Campus JK - Diamantina/MG
Rodovia MGT 367 - Km 583, nº 5.000
Alto da Jacuba CEP 39100-000
Telefone: +55 (38) 3532-1200 e (38) 3532-6800
Campus do Mucuri - Teófilo Otoni/MG
Rua do Cruzeiro, nº 01 - Jardim São Paulo - CEP 39803-371
Telefone: +55 (33) 3529-2700
Campus Janaúba - Janaúba/MG
Avenida Um, nº 4.050
Cidade Universitária CEP 39447-790
Telefone: +55 (38) 3532-6808 e (38) 3532-6812
Campus Unaí - Unaí/MG
Avenida Universitária, nº 1.000, B
Universitários CEP 38610-000
Telefone: +55 (38) 3532 6821