facebook twitter
  • Imprimir

Situação do Campus Janaúba é pauta de reuniões do reitor no município

Qua, 12 de Abril de 2017 15:11

Em visita ao Campus Janaúba, nos dias 6 e 7 de abril, o reitor da UFVJM, Gilciano Saraiva Nogueira, reuniu-se com o prefeito municipal, com estudantes e docentes para discutir a situação atual do campus no município.

Na reunião com o prefeito de Janaúba, Carlos Isaildon Mendes, realizada na tarde da quinta-feira, dia 6, o reitor anunciou que o Campus Janaúba é uma das prioridades de sua gestão e reforçou que a busca de apoio político continua sendo essencial para que o projeto torne-se realidade. “Estamos honrando o nosso compromisso e utilizando recursos do orçamento da universidade para dar continuidade às obras do campus. A previsão de entrega da obra é julho e, até lá, a meta é que as obras de urbanização também estejam concluídas”, ressaltou o reitor.

O prefeito Isaildon salientou que a Prefeitura de Janaúba tem realizado ações conjuntas com outros municípios e que a UFVJM é um dos principais pontos de discussão. “Somos 15 municípios com muito interesse em fortalecer a universidade em nossa região. Farei tudo que puder, pois a UFVJM é uma das ações mais importantes para nós”, finalizou o prefeito.

alt

Reitor e Prefeito de Janaúba discutem sobre situação do campus - Foto: Amanda Monteiro/UFVJM

Ainda na quinta-feira, 6 de abril, o reitor Gilciano encontrou-se com discentes representantes do Diretório Central dos Estudantes, do Centro Acadêmico e da Comissão de Obras do Campus Janaúba para conversar sobre o cenário do campus. Gilciano anunciou aos estudantes a criação de uma diretoria de campus avançado que tem o objetivo de melhorar a comunicação entre os campi e a sede da universidade, com consequente agilidade e desenvolvimento das ações.

Sobre o andamento das obras, o reitor informou que a UFVJM está utilizando recursos de seu orçamento para não interrompê-las. Explicou que, além dos prédios, ainda é preciso realizar a urbanização básica, que inclui pavimentação, captação de água potável e energia elétrica, e construção de fossas sépticas.

O reitor informou também que as vagas docentes necessárias para viabilizar os cursos de engenharia previstos para o Campus Janaúba ainda não foram liberadas pelo MEC, o que pode comprometer o início das terminalidades.

alt

Reitor conversa com discentes sobre situação do Campus Janaúba - Foto: Amanda Monteiro/UFVJM

Na manhã da sexta-feira, 7 de abril, a reunião do reitor com os docentes do Campus Janaúba também tratou da questão das vagas de professores, que aguardam liberação do MEC. Gilciano explicou sobre toda a gestão política que está sendo feita junto a políticos e autoridades do ministério e afirmou que a não liberação das vagas pode impossibilitar o início dos cursos de engenharia no tempo idealizado pela universidade.

O reitor falou ainda sobre as dificuldades enfrentadas pela UFVJM em relação aos recursos orçamentários para investimento e custeio, demonstrando aos professores que a reitoria está fazendo todo esforço possível para dar continuidade às obras. Gilciano ressaltou que a meta é que a comunidade acadêmica possa utilizar as novas instalações do Campus Janaúba no segundo semestre do ano.

alt

Reitor discute cenário com docentes do Campus Janaúba - Foto: Gabriela Santos/UFVJM

Última atualização em Qua, 12 de Abril de 2017 15:34
 

 

Campus I - Diamantina/MG
Rua da Glória, nº 187 - Centro - CEP 39100-000
Telefones: +55 (38) 3532-6000
Campus JK - Diamantina/MG
Rodovia MGT 367 - Km 583, nº 5000
Alto da Jacuba CEP 39100-000
Telefone: +55 (38) 3532-1200 e (38) 3532-6800
Campus do Mucuri - Teófilo Otoni/MG
Rua do Cruzeiro, nº 01 - Jardim São Paulo - CEP 39803-371
Telefone: +55 (33) 3529-2700
Campus Janaúba - Janaúba/MG
Prédio CAIC Av. Manoel Bandeiras, 460
Veredas CEP 39440-000
Telefone: +55 (38) 3829-3100
Campus Unaí - Unaí/MG
Avenida Vereador João Narciso, 1380
Cachoeira CEP 38610-000
Telefone: +55 (38) 3677-9950